Empresa não é responsável por fraude de terceiro em votação com seu IP

Juíza considerou que empresa não trabalha no ramo de internet e não é obrigada a registrar acessos eventuais. Empresa que não atua como provedora de internet não pode ser responsabilizada por fraude realizada por terceiro com seu IP em votação online. Assim entendeu a juíza de Direito Bianca Fernandes Pieratti, da 23ª Vara Cível de Brasília.  … Continue lendo Empresa não é responsável por fraude de terceiro em votação com seu IP

CNJ cria Plataforma Digital do Poder Judiciário

A plataforma é um sistema multisserviço que, além de unificar o trâmite processual no país, permitirá a realização de adequações de acordo com as necessidades de cada tribunal. Os órgãos do Poder Judiciário brasileiro terão à disposição a PDPJ-Br - Plataforma Digital do Poder Judiciário Brasileiro, um sistema multisserviço que, além de unificar o trâmite … Continue lendo CNJ cria Plataforma Digital do Poder Judiciário