Lei do RJ proíbe realização de tatuagens e piercings em animais

Norma foi sancionada pelo governador em exercício, Cláudio Castro.

A realização de tatuagens e a implantação de piercings em animais domésticos e silvestres estão proibidas. É o que determina a lei 9.247/21, sancionada pelo governador do RJ em exercício, Cláudio Castro, e publicada no Diário Oficial do Estado de terça-feira, 20.

(Imagem: Pixabay)

(Imagem: Pixabay)

A norma altera o Código de Defesa dos Animais, instituído pela lei 3.900/02. Os autores da lei deputado Carlos Minc (PSB) e Delegado Carlos Augusto (PSD) justificam que a prática pode gerar diversas complicações, como reações alérgicas à tinta e ao material utilizado no procedimento, infecções, cicatrizes, queimaduras e irritações crônicas.

“Colocar piercing e tatuagens em animais domésticos é uma prática crescente, cruel e dolorosa, apenas com finalidade estética e que pode levar ao adoecimento e à morte dos animais”, afirma Minc.

Informações: Alerj.

Por: Redação do Migalhas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.