7 dicas de ouro para manter tudo em dia nos condomínios

Conheça algumas dicas de ouro para síndicos que te ajudarão a manter o condomínio em dia, especialmente nas áreas com maior índice de problemas.

Procurando algumas dicas para síndicos? Então, você está no lugar certo. Aqui você terá informações que podem facilitar muito a manutenção condominial. Quando você ajeita esse lado, muitas vezes com ações simples, ganha um tempo precioso para se dedicar mais à gestão de condomínios. Acompanhe nossas dicas de ouro

7 Dicas de ouro para manter tudo em dia nos condomínios

1. Para um probleminha não virar problemão

dicas de ouro para síndicos

Você pode treinar os funcionários da limpeza, da zeladoria, da segurança, etc. para que façam inspeções de manutenção.

Peça para que relatem quando existirem lâmpadas queimadas, sinais de infiltração, problemas de funcionamento de algum equipamento ou prazos de validade vencendo. 

Esta é uma das várias dicas de ouro para síndicos que trazem economia e garantem que nada escape do seu controle.

2. Todos têm a contribuir

dicas de ouro para síndicos

Ao resolver problemas dos moradores de condomínios, o síndico deve sempre demonstrar interesse e propor soluções viáveis. Desta forma, aumenta a satisfação dos condôminos, que se  tornam seus aliados. 

Converse com as pessoas, mesmo que for durante encontros rápidos no elevador ou na recepção. Questione-as sobre o dia a dia do condomínio, peça sugestões.

Este canal de comunicação é fundamental e pode ser extremamente útil para reforçar a qualidade de sua gestão. 

3. Valores indispensáveis

dicas de ouro para síndicos

A função do síndico é um exercício diário de empatia, comprometimento, transparência, paciência, determinação em acertar, respeito e resiliência. 

Use todos estes ingredientes na hora de lidar com a administradora, membros dos conselhos, funcionários, prestadores de serviços, fornecedores e moradores.

4. Vida financeira bem cuidada 

dicas de ouro para síndicos

Talvez o aspecto mais delicado dentro da gestão condominial é relacionado às finanças. Este é o tema que mais desperta discussões calorosas e uma boa dose de desconfiança. Fique o mais atento possível. 

Garanta uma prestação de contas transparente e didática. Seja objetivo, mas sem desprezar nenhum detalhe.

Para evitar problemas, seja bem organizado. Mantenha o hábito de guardar cuidadosamente todos os orçamentos e notas fiscais. 

Preste contas no balancete mensal e nas assembleias. Desta forma, você estabelece uma relação de confiança. 

5. Organização é tudo

dicas de ouro para síndicos

Faça uma agenda bem detalhada das pendências e dos seus compromissos relativos ao condomínio. Esta visão geral facilita sua gestão e permite que você nunca deixe escapar um pagamento na data certa ou uma manutenção preventiva. 

Controle direitinho a situação do condomínio, a movimentação do dinheiro em caixa e na conta corrente jurídica. Separe uma pasta exclusiva para o tema “inadimplência”.

Este é um assunto que demanda atenção especial e precisa ser bem administrado. 

6. Comunicação de mão dupla

dicas de ouro para síndicos

As responsabilidades de um síndico são tantas que todo conhecimento ainda é pouco. Além de entender de administração e ter noções técnicas sobre vários assuntos, a atualização também é importante. Conheça bem a convenção e o regimento interno do condomínio.

Procure sempre ler e se atualizar sobre a legislação pertinente à vida condominial. Não hesite em contar com a ajuda e o parecer dos condôminos.

Não se esqueça, ainda, de que os titulares das gestões anteriores também têm muito a contribuir. Converse com eles. 

Estes contatos ajudam a identificar erros, falhas e oportunidades de melhoria. Porque independentemente do condomínio em questão, o síndico é sempre cobrado pra fazer mais com menos.

Ou seja, as reduções de custos são uma economia sempre bem vista. 

7. Capriche no plano de manutenção preventiva

dicas de ouro para síndicos

Por último entre as dicas de ouro, mas não menos importante: organize as demandas rotineiras de manutenção de forma eficiente.

Elas são fundamentais e vão muito além da limpeza e conservação das áreas comuns. 

Espaços como piscinas, playground, quadras, academia, elevadores, brinquedoteca e garagens são alvos de diversas tarefas que envolvem mão de obra qualificada.

Qualquer erro grave neste quesito impacta na segurança de todos e pode ser fatal, literalmente. Sem contar que manutenção preventiva é bem mais barata que as corretivas ou emergenciais. Imagine um acidente grave com uma criança do condomínio, por exemplo. 

Ninguém está livre. O condomínio pode ser acionado judicialmente para responder civilmente por isso. E, dependendo das circunstâncias, o síndico pode até ser responsabilizado criminalmente. 


Fonte: https://tudocondo.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.