O racionamento d’água em momento de pandemia quem delibera é a assembléia ou o síndico?

Com a chegada do maestro do mal (covid19), o síndico despreparado vai pensar várias vezes em assumir um condomínio considerado por eles uma coisa insignificante e não um condomínio edilício.

Após a pandemia, acredito que a figura do síndico profissional no Nordeste e no Brasil vai ter mais visibilidade e aceitação dado a ausência dos travestidos de síndicos (cuidadores amadores).

A crise d’água nos condomínios continua sem perspectiva de ter fim. Síndicos e condôminos devem se reunirem em assembleia para e encontrar a melhor forma de eliminar os gargalos condominiais. Com prudência, o síndico pode tomar algumas medidas juntamente com a assembleia para sanar os problemas, que seja de ordem técnica ou de autoconsumo d’água.

Diante dessa crise longa e dolorosa os condomínios de Fortaleza já estão sentindo o reflexo do aumento significativo do precioso líquido – água.

De quem é a decisão para promover o racionamento?

Toda decisão condominial depende da assembleia.

Se ela for realizada corretamente convocada e informando dentro prazo legal, aí sim, a pauta, está correta para ser discutido o conteúdo em assembleia aprovado ou não mediante a necessidade.

“O que não pode é o síndico tomar decisão isolada isso sem consultar assembleia. Síndico tem que se nortear baseado no artigo 1.348, para tomar as decisões com assertividade e aceitação.

Isso tem que ser discutido, porque esse tipo de medida, por ser uma situação que não provoca prejuízo ou danos, ou transtorno.” Na cabeça de um, pode ser a solução para todos os males, mas na prática pode não ter resultado nenhum. “Quem toma banho num horário, vai tomar em outro. Quem lava roupa idem. Vai atrapalhar, quem não dispuser de outro horário para fazer certas coisas. Aí, ele pode estocar água em casa e tomar banho de caneca, lavar roupa na mão e gastar o suficiente para se manter limpo.

O condômino   pode acionar o condomínio judicialmente, se achar que está sendo prejudicado. Se vai ganhar ou não, é outra história”.


Por Julião Cavalcante

Gestor e Consultor condominial

FIQUE EM CASA PELO AMOR DE DEUS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.