Niterói é primeira cidade do sudeste a adotar bloqueio total; cidade fará ‘lockdown’

Niterói é primeira cidade do sudeste a adotar bloqueio total; cidade fará ‘lockdown’ de 10 dias

A recomendação veio do Ministério Público

Somente serviços essenciais estão autorizados a funcionar

Em razão das análises feitas por especialistas da Fiocruz, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) vem alertando sobre a necessidade da realizar um lockdown (fechamento total) na região metropolitana do estado. Com base nesses recomendações, a Prefeitura de Niterói pretende endurecer ainda mais as medidas de circulação de pessoas na cidade. A decisão de fechamento geral passa a valer na próxima semana com duração de dez dias consecutivos.

Segundo informações, ação foi acertada na noite desta última quarta-feira (6), entre o poder Legislativo municipal e o Ministério Público.

O objetivo seria o retorno das taxas de isolamento da cidade que haviam atingido 70% no início das restrições.  Somente serviços essenciais como farmácias, mercados, supermercados, padarias, pet shops e postos de combustível permanecem abertos. Já as agências bancárias como a Caixa Econômica Federal, que tem formado grandes filas de aglomeração por conta do auxílio, poderão entrar ‘na mira’ da prefeitura de Niterói.

A fiscalização e aplicação das multas (de até R$ 180) será feita pela Guarda Municipal do município, e os valores arrecadados serão aplicados obrigatoriamente na área de saúde, O bloqueio total de circulação na cidade vale inicialmente entre 11 e 15 de maio, podendo ser prorrogado por igual período.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.