Pets na quarentena: passar mais tempo em casa pode afetar a saúde dos bichinhos

A maior permanência das pessoas dentro de casa também afeta os animais de estimação. Para algumas pessoas, não é fácil lidar a todo momento com alguém querendo que jogue a bolinha ou outro tipo de brincadeira. É o sistema home office que possui seus benefícios ou prejuízos e até nossos amigos de quatro patas precisam se adaptar.

Cães e gatos são animais sociáveis e precisam estar junto das pessoas a quem eles estão acostumados a ficar. Com as medidas de distanciamento social propostas por autoridades, os bichinhos passam mais tempo com os donos. Cláudia Terzian, veterinária da Rede de Proteção Animal, ressalta que se deve dar mais atenção para eles, pois eles podem ficar estressados com a falta de carinho. “O simples fato de ficarmos juntos no mesmo cômodo é altamente recompensador e traz aos pets sensação de segurança e conforto”, relatou Cláudia.

Como trabalhar em casa e cuidar do pet?

Fazer pausas durante o trabalho ou para curtir o pet faz muito bem ao animal. No entanto, é preciso estabelecer regras e horários, pois o trabalho precisar seguir normalmente e um dia teremos que voltar a sede da empresa.  “Ele vai sentir muito a sua falta quando o distanciamento social acabar”, alerta a veterinária.

Pode sair para caminhar?

As saídas rápidas para caminhar não estão proibidas. “Elas não precisam ser um evento social, mas é um momento que vai fazer bem tanto para o cão quanto para o seu tutor”, ressalta Cláudia Terzian. Na volta, é importante apenas lembrar de seguir todos os passos da higienização, inclusive nas patinhas dos animais.

Como prevenir a contaminação por coronavírus

  • Lavar as mãos com frequência/ ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações;
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis, e depois lavar as mãos).

Baixe o guia de prevenção para compartilhar!

Imprima esse guia em PDF com informações sobre a prevenção do Coronavírus e outras doenças respiratórias virais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: