As novas regras de restrição do uso das áreas comuns

Trouxemos especialistas para falar se o síndico pode proibir o uso desses espaços

Por Thais Matuzaki
Trouxemos especialistas para falar se o síndico pode proibir o uso desses espaços

De acordo com as principais entidades de saúde do Brasil e do mundo, como a OMS e o Ministério da Saúde, a maneira mais eficaz de conter a proliferação do coronavírus é evitar ao máximo o contato com muitas pessoas. Sair somente em caso de real necessidade, por exemplo, ir ao mercado ou à farmácia.

Esse contexto aplicado ao dia a dia de quem mora em condomínios, logo indicou a preocupação com as áreas comuns. Afinal, para sair do condomínio, a maioria dos moradores precisa usar o elevador ou puxar maçanetas, sem contar os diversos cuidados com as áreas de lazer, como playgrounds, piscinas e salões de festa.

Ainda que alguns moradores discordem, o síndico pode proibir o uso desses espaços como medida de prevenção à saúde de toda a comunidade condominial.

É sobre esse assunto que trouxemos Rodrigo Karpat, Angélica Arbex e Fúlvio Stagi. Assista aqui:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.