Por que o euro não para de subir? Temos as respostas

Por que o euro não para de subir e está atingindo valores recordes? Quais são as consequências da supervalorização da moeda da União Europeia? E quais são as melhores formas de transacionar euros?

Por que o euro não para de subir? É supervalorização do euro ou desvalorização do real?

Para entender por que o euro não para de subir, precisamos dar uma breve explicação sobre as variações da moeda nas últimas semanas.

A cotação do euro alcançou uma valorização histórica em relação ao real, no início de Março de 2020. Na segunda-feira (02), a cotação do euro alcançou a marca de R$5,0235. Na abertura do pregão de sexta-feira (06), o valor da moeda foi de R$5,17404. Isso representou um aumento de 4,79% frente a cotação do real. Já na segunda-feira seguinte (09) o euro apresentou-se a R$5,29. Não para de subir.

O preço para quem vai comprar a moeda para viajar é ainda maior, pois as casas de câmbio e agências ainda incluem uma margem de lucro no câmbio. Além disso, ainda há o pagamento da alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). O VET (valor efetivo total) para envio de dinheiro tem chegado a R$5,47.

De modo geral, a supervalorização do euro é reflexo das turbulências do mercado financeiro e da economia global. Nos últimos meses, tem sido afetados pela disseminação do coronavírus na Europa e dos fluxos de capitais elevados para os mercados de menor risco.

Coronavírus tem influência?

Sim, a desvalorização do real perante o euro tem influência da epidemia mundial de coronavírus. A disseminação da doença nos países da Europa têm afetado a economia global, já que as cadeias produtivas de vários países foram prejudicadas pelo surto. Sem dúvida, esse é dos principais motivos do porque o euro não para de subir no Brasil.

Esse cenário promete desacelerar o crescimento econômico de vários países, inclusive o Brasil. A expectativa é que o crescimento da economia brasileira em 2020 fosse de 2,5%, mas após os efeitos da doença, especula-se que ele atinja a marca de 1,5%.

O governo tem responsabilidade?

Sim, podemos afirmar que os motivos do por que o euro não para de subir não está limitado apenas aos casos de coronavírus. Recentemente, o Comitê de Política Monetária (COPOM) decidiu reduzir a taxa anual da Selic para 4,25%.

A redução de juros desestimula a entrada de capitais estrangeiros no Brasil, e consequentemente, afeta a cotação de moedas como o euro e explica por que o euro não para de subir em 2020. O governo afirmou que a desvalorização do real tem sido provocada pela desaceleração da economia global, coronavírus e a taxa de juros baixa.

Como isso afeta a vida dos brasileiros?

Agora que você sabe por que o euro não para de subir, é importante descobrir como esse cenário afeta a vida dos brasileiros. Os viajantes brasileiros na Europa são dos mais prejudicados com a alta da moeda. Para o turista, está mais caro comprar euro e fazer compras em euro. Os preços das passagens aéreas e pacotes de turismo para o continente também estão mais altos nos últimos meses.

Outro impacto que pode ser percebido é o aumento dos preços de alguns produtos importados. Esse aumento do valor do euro pode estimular os brasileiros a fazerem viagens nacionais ou para países com moedas mais fracas, como o peso, por exemplo.

Como isso afeta a economia do país?

A desvalorização do real frente ao euro e a outras moedas impacta diretamente a economia brasileira. O principal efeito é o aumento da inflação no Brasil, pois alguns produtos para exportação são comercializados em euros. Portanto, se ele tem uma cotação alta, o comerciante brasileiro precisa aumentar os seus preços de produção.

Com isso, os preços dos produtos vendidos no Brasil começam a ficar mais caros. Além disso, uma eventual redução das exportações brasileiras diminui a entrada de euros, aumentando o valor da moeda.

Outro risco do aumento do valor do euro é a possível desindustrialização: as pessoas consomem menos, tendo em vista que estão tendo menos poder de compra. Dessa forma, o comércio vende menos e os estoques ficam mais acumulados.

falta de estímulo para investimentos também já é sentida.  Com a queda na renda da população, não há incentivos para o investidor investir no país e, dessa forma, a economia não cresce como deveria.

Confira aqui onde trocar euro para sua viagem.

Há uma consequência positiva

Por outro lado, uma última consequência positiva da desvalorização do real é o aumento de turistas no Brasil. Isso ajuda a melhorar a economia nacional e impulsiona o turismo em algumas regiões do país.dinheiro_real

Como acompanhar a cotação real?

Diante da supervalorização do euro, é importante acompanhar a cotação do euro em tempo real. Dessa maneira, as chances de comprar a moeda por um bom preço aumentam e você economiza nos gastos da sua próxima viagem para a Europa.

Você pode acompanhar essa cotação aqui mesmo no Euro Dicas. Outra alternativa é acessar o site oficial do BACEN, para acompanhar não apenas ver o valor da moeda como também o preço do euro incluindo a taxa de câmbio, tributos e outras tarifas da operação.

Vai baixar?

A resposta dessa pergunta é complicada, pois o câmbio do euro depende do comportamento de variáveis nacionais e internacionais. Isso dificulta a previsão ou estabelecimento de uma data fixa que aponte a queda no valor do euro.

No entanto, a ocorrência de alguns eventos podem diminuir a pressão no preço do euro. O primeiro deles é se houver uma redução dos casos de coronavírus na Europa e se a economia global não for muito prejudicada. Caso isso aconteça, alguns dos principais motivos por que o euro não para de subir é controlado, e a tendência é a redução do preço da moeda.

A cotação do euro pode baixar também caso a economia brasileira apresente sinais de aquecimento. Nesse cenário, o real pode ser mais valorizado e pode ocorrer a queda na cotação de moedas estrangeiras.

Se eu preciso enviar dinheiro pro exterior é melhor esperar?

Uma das principais preocupações de quem precisa enviar dinheiro para o exterior é a oscilação do preço da moeda. Nesse momento é comum ficar em dúvida sobre esperar a cotação baixar ou fazer a transferência logo, antes que a moeda fique mais cara.

Como mencionamos anteriormente, é impossível prever com certeza quando o euro ficará mais barato ou mais caro. Por isso, o ideal é acompanhar diariamente a cotação em tempo real e histórico da moeda.

Caso o histórico apresente uma alta consecutiva e os casos de coronavírus estejam aumentando na Europa, o ideal é enviar o dinheiro o quanto antes. Afinal, o preço da moeda pode se tornar ainda mais caro.

Não posso esperar, quais as melhores maneiras de perder menos dinheiro no envio de dinheiro pro exterior?

Mesmo com a alta do euro em relação ao real, existem alternativas que podem ajudar você a economizar no envio de dinheiro para o exterior. A principal delas é fazer transferências internacionais em plataformas online, tais como a Remessa Online e a TransferWise.

Essas plataformas usam a taxa de câmbio comercial na conversão do euro, sem margem de lucro incluída. Isso por si só, gera uma boa economia nas transferências internacionais. Além disso, elas também não cobram taxas bancárias nas transações e possuem taxas de envio econômicas.

por que o euro não para de subir principais motivos

Aproveite e leia as nossas dicas de como comprar euro mais barato.

Quais são as melhores formas de transacionar euros?

Agora que você já sabe os principais motivos por que o euro não para de subir, veja algumas dicas básicas para comercializar a moeda europeia.

Acompanhamento da moeda

Para saber como e quando negociar e efetuar transações com o euro, é importante controlar frequentemente sua cotação. Esteja sempre atualizado.

Você pode acompanhar o preço do euro, aqui, em tempo real:

Veja o valor do Euro e da Libra em tempo real.

  • EURO € : R$ 5.25
  • LIBRA £ : R$ 6.66
  • DÓLAR $ : R$ 4.63

Envie dinheiro para o exterior pagando menos taxas, online e de forma segura.

Sua consulta também pode ser feita no site do Banco Central do Brasil. O ranking do VET (Valor Efetivo Total), disponibilizado pelo BACEN, é outra ferramenta interessante para verificar, não somente o preço do euro naquele dia, como também o custo total de uma operação de troca de moeda, avaliando a taxa de câmbio mais as tarifas e os tributos sobre a operação.

É possível, ainda, visualizar os valores por períodos e verificar em qual instituição a taxa do euro está mais em conta.

Negociação

Depois de comparar a taxa do euro, negocie o valor. É possível conseguir desconto na cotação, dependendo do valor a ser trocado.

Observação: só troque a moeda no aeroporto se você não tiver outra opção. As taxas nas agências locais são mais caras devido à comodidade.

Transação por etapas

Se você tiver tempo e o euro estiver com uma cotação alta, como agora, evite trocar todo o dinheiro de uma só vez. O ideal é fazer o câmbio por etapas.

Câmbio em instituições financeiras autorizadas pelo BACEN a comercializar euros

É muito importante que você faça o câmbio da moeda em instituições financeiras autorizadas pelo BANCEN a comercializar euros. Você pode fazer a cotação no site do banco, verificar em qual local a taxa está melhor, entrar em contato e efetuar a troca.

Muitas vezes, “o barato sai caro” e a pessoa pensa que vai economizar um pouco porque um conhecido de um conhecido quer lhe vender a moeda por um valor mais barato, mas acaba tendo um grande prejuízo. Não vale a pena o risco.

Por isso, mais uma vez ressaltamos a importância de trocar seu dinheiro em uma casa de câmbio, uma agência bancária ou com algum agente que seja autorizado pelo Banco Central do Brasil a comercializar moedas estrangeiras.

Entendendo melhor a moeda: Euro x Euro Turismo

O euro

O euro é a moeda comum da União Europeia, utilizada em 19 países da UE, como: Alemanha, Bélgica, Espanha, Itália e Portugal.

A moeda foi introduzida nos mercados financeiros mundiais em 1999 e hoje é a segunda mais transacionada do mundo, estando atrás somente do dólar americano.

Euro Turismo

Sua cotação é determinada pelo valor do euro comercial mais os custos logísticos e operacionais que a transação da moeda exige para chegar ao seu destino e o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), praticado pelo Governo. Por isso, é mais caro.

O euro turismo é utilizado por pessoas físicas, em viagens para o exterior, compras fora do país ou em sites internacionais.


 Compartilhe
Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.
Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: