Crise Financeira em um Condomínio de Fortaleza Leva o Síndico a Abdicar de seu Pró-Labore

Por: Julião  Cavalcante

Gestor e Consultor Condominial, Diretor de Condomínio do CRECI-CE, associado ao IBRADIM


Diante da crise financeira que o Brasil está passando, os condomínios do Brasil estão se reinventando para cumprir com as despesas ordinárias e extraordinárias.

Em Fortaleza, o síndico, Sr. Francisco José está desenvolvendo práticas de economia de guerra para manter em equilíbrio a inadimplência que está em um patamar de 20%.

Aleorlaboreega ele que a situação está incontrolável e por isso abdicou de seu pró-labore e outras contenções despesas na intenção tirar o Condomínio do vermelho.

O senhor síndico adiantou que dívidas bastão (passagem de síndico para sindico) é o que leva o condomínio a bancarrota. O síndico não deve receber a administração sem fazer uma auditoria, pelo menos dos últimos dois anos.

O forte histórico econômico do condomínio criou um clima de insegurança e de constrangimento dado o grande isolamento econômico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.