Cansaço Condominial

UM DIA DECIDI  SER EU E NUNCA MAIS VOLTEI A OBEDECER O ARTIGO 1.348

  • Por: Julião Cavalcante
  • Gestor e Consultor condominial,
  • Diretor de Condomínio do CRECI-CE
  • Associado ao IBRADIM/SP

Não compete mais a mim: obedecer aos nove itens a mim atribuído, dado pouco reconhecimento e muita cobrança.

Não vale a pena, cumprir e fazer cumprir a convenção, o regimento interno e as determinações da assembleia.

No gozo de minhas atribuições transfiro a outrem, os meus poderes de representante administrativo, em caráter irrevogável para assembleia.

Não sei porque tantos síndicos cuidadores (morador) insistem em não largar o osso condominial. Quando isso acontece o síndico está comprometido até o pescoço. Alegam que não tem ninguém para substitui-lo, mas o buraco está mais em baixo.

A falta de: prestação de contas, licitações, as manutenções corretivas preventivas e a transparência.

Aquele que insiste em se perpétua como síndico não sai porque está na alça de mira dos condôminos dado o grande número de ações contraventoras. Ele se recusa em mostrar as pastas quando solicitadas pelo condômino, fideliza os condôminos da melhor idade para sempre votar nele (a), peça dinheiro emprestado ao condomínio sem o conhecimento da assembleia.

Os condôminos devem ficar atentos e valorizar sua taxa condominial. Alguns condôminos dizem: Tem condômino que chega a dizer: Meu dinheiro não é capim que nasci em qualquer canto de muro.

A convenção, documento maior do condomínio não dada a atenção merecida, pois ela com mais de dez anos de escrita torna-se uma convenção de letras mortas e é aí que os abusos administrativos e a indisciplina condominial se multiplicam.

O amadorismo já passou da hora de sair do seu trono medieval. Chegou a vez do síndico profissional, para fazer gestão baseado nos quatro pilares da administração com transparência. Código Civil, Convenção, Regimento Interno e uma boa comunicação.


Essa informação pode ser publicada, mas ê preciso citar a fonte.

Em condomínio… ” Nada é permanente exceto a mudança”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.