Convivência em condomínio

Preocupe-se com as relações entre os moradores

Como você tem feito a manutenção do seu condomínio?

Quando falamos em manutenção logo pensamos nas bombas, caixa d’água, elevador, portas e portões, mas essa é a manutenção do edifício, que tem total relação com a valorização do patrimônio, qualidade de vida e responsabilidade do síndico. Entretanto, a pergunta é “Como está a manutenção do seu condomínio? Condomínio não é estrutura e equipamentos, condomínio são pessoas.

Muitos me perguntam qual o maior erro do síndico, eu sempre digo: se preocupar apenas como a estrutura.

Assim como a manutenção do edifício, a qualidade das convivências também impactam na qualidade vida e valorização do patrimônio. Afinal, quem quer morar em um condomínio em que há só brigas? Que valor tem um apartamento em que os vizinhos não se importam com o outro e regras básicas como silêncio, organização e limpeza das áreas comuns, não são atendidas?

Grande parte dos problemas que chegam ao síndico poderiam ser facilmente resolvidos se os comportamentos tivessem como base o real entendimento do que é de fato um condomínio e o que precisa ser valorizado ?primordialmente: as relações.

Isso não é romantizar um condomínio, e sim desconstruir a imagem de que condomínio é só problema e que toda assembleia é complicada. Acredite, de gestor para gestor, eu confesso que é desafiador desconstruir esse padrão, mas é possível.

Primeiramente, como gestor, é necessário entender a diferença entre gastos x investimentos. Gastos é tudo aquilo que você faz e não te traz retorno, investimento é o que vai te trazer benefícios. E quando se trata da gestão condominial, é necessário investir em aprendizados que vão te trazer habilidades na gestão de pessoas, conflitos e comunicação assertiva.

No dia-a-dia do condomínio é importante investir em conscientização não só do regimento interno, mas também em regras e comportamentos básicos para boas relações e instigar a convivência além dos momentos de assembleia.

Assim como na manutenção do edifício não existe um padrão a ser seguido, pois cada edificação tem a sua particularidade, não há também um padrão para manutenção do condomínio, a não ser o fato de que em todos eles, é necessária a atitude de valorizar as pessoas e os relacionamentos.

Pense diferente, haja diferente, faça a diferença no seu condomínio!

Fonte: Letícia Duarte (gestora condominial).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.