Perseguição obsessiva poderá ser enquadrada na Lei Maria da Penha

Um caso de stalking, como é conhecida a perseguição obsessiva física ou virtual, envolvendo pessoas que não tem convivência doméstica, pode ser o primeiro caso do país a ser enquadrado na Lei Maria da Penha. O pedido foi feito à Justiça de São Paulo, pela advogada da vítima. Há sete anos um rapaz de 17 anos se encantou por uma adolescente de 13. Ela não aceitou manter qualquer um relacionamento, ele então passou a persegui-la e a fazer ameaças em redes sociais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.