Apartamento mobiliado para alugar – veja quais são os cuidados

Para a segurança de locador e locatário, é importante fazer uma lista de todos os móveis

Fonte: ZAP em Casa

Pensar em um apartamento mobiliado para alugar é buscar comodidade. Não tem problema com mudança e dor de cabeça com a compra e entrega de móveis. Porém, não esqueça: nada ali é do inquilino, portanto a responsabilidade é bem maior. Danos precisarão ser ressarcidos ao proprietário. 

Ao ver um apartamento mobiliado para alugar é sempre importante preparar um relatório detalhado de vistoria do imóvel, que inclui as condições do local e seus itens no momento da entrega de chaves. Esse relatório deve incluir fotos e detalhamento dos itens, e deverá ser assinado por locador e locatário como parte integrante do contrato”, explica a designer de interiores Giseli Koraicho

apartamento mobiliado para alugar
Apartamento mobiliado (Foto: Shutterstock)

É baseado no documento que, na devolução das chaves ao final do período de locação, ambas as partes poderão identificar o que foi danificado ou não. “Os detalhes do estado e da quantidade de cada item, tanto móveis quanto eletrodomésticos, precisam estar no contrato. Assim, locador e locatário estarão protegidos de possíveis imprevistos no futuro”, diz o 
designer de interiores Henrique Freneda. 

Se o móvel ou qualquer item apresentar danos após a locação, quem alugou será o responsável. Por isso, é importante saber se aquilo já estava quebrado antes do aluguel, aí o dono do imóvel deve arcar com os custos. 

Modificações 

Para fazer mudanças ou reformas em móveis, o inquilino precisa da autorização do dono, que poderá cobrar a devolução do móvel conforme entregue no início da locação. Ou seja, é preciso acordo entre as duas partes. Uma benfeitoria pode ser usada, por exemplo, para abater uma parte do aluguel, se o locador aceitar.  

apartamento mobiliado para alugar

De qualquer maneira, sempre dá para deixar o ambiente com a sua personalidade, mesmo com os móveis dos outros. “Algumas soluções simples como mantas, novas capas para estofados e almofadas, uma pintura em um móvel ou até mesmo na cor de uma parede, podem trazer personalização de acordo com o perfil do locatário. sem demandar grandes custos”, pontua Giseli Koraicho. 

Para Henrique Freneda, mesmo sem reformar, dá para deixar o apartamento a cara do novo morador. “Para isso, oriento a usar peças como capas de sofá, tapetes, cortinas, toalhas de mesa, entre outras que podem ser facilmente alteradas”.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s